Gerente de vendas é morto dentro do carro com facada no pescoço

Um homem foi encontrado morto dentro do próprio carro neste sábado (28) no bairro Rebouças, em Curitiba. Walter Luiz Mariano Machado levou uma facada no pescoço e não resistiu aos ferimentos. O crime aconteceu na frente de um estabelecimento comercial na rua Lamenha Lins e ainda não há informações sobre autoria ou motivação.

Imagens de câmeras de segurança mostram que dois andarilhos passam ao lado do Ford Ka da vítima e o carro para na rua. No banco do motorista, o homem de 41 anos desembarca e, nesse momento, um dos moradores de rua começa a correr – pelas imagens, parece ser uma mulher ainda não identificada.

O dono do carro ameaça correr atrás dela, mas logo percebe que está ferido. Ele coloca a mão no pescoço, senta no banco do motorista e desmaia. Duas mulheres que passavam pela região percebem que há um homem ferido no veículo. Uma delas é enfermeira, percebe que ele já não tem sinais vitais e aciona os primeiros socorros e a Polícia Militar.

O gerente de vendas levou uma facada no pescoço e outra no braço esquerdo. Até o momento, uma das hipóteses e de que os dois andarilhos flagrados nas câmeras de segurança tenham alguma relação com o crime. A Polícia Civil trabalha com possibilidades de homicídio ou tentativa de latrocínio, mas o caso segue sob investigação.

Walter era vendedor de uma loja de alta costura masculina em um shopping da capital. Ele morava com a mãe no bairro Santa Felicidade e, na sexta-feira (27), tinha avisado a mãe que levaria uma pizza para casa, mas ele nunca apareceu. Ela só teve notícias do filho às 6 horas da manhã, com a ligação da polícia.

Embora a hipótese de uma tentativa de latrocínio não esteja totalmente descartada, os policiais confirmaram que nada foi levado do vendedor. O carro foi periciado e entregue para a mãe da vítima.