Homem é morto com tiro na nuca em emboscada armada pela ex-mulher, candidata a vereadora

Um homem segundo a população de Alvorada do Sul de bem, trabalhador, mecânico desde a adolescência. Samuel dos Santos tinha 40 anos, e nos últimos meses viu sua vida conjugal virar de cabeça para baixo, depois que a esposa resolveu sair candidata a vereadora.

“Isso aconteceu durante o período de candidatura de eleição, onde a esposa da vítima contratou essa mulher e aí passaram a ter um relacionamento amoroso, aí o casamento afundou.” afirmou o Dr. Marcos Rubira, delegado 

Um crime segundo a polícia passional, a esposa Maria de Guadalupe Casanova dos Santos, teria se envolvido amorosamente com Débora Letícia Nogueira de Castro e essa teria dado fim a vida do homem. Tudo armado com uma festa que ocorreu na casa do casal na noite em que ele foi morto.

“Todas planejadas montaram uma festa na residência depois quase todo mundo foi embora, aduziram todas elas a mesma versão que a vítima saiu do imóvel para comprar cerveja e depois não voltou mais.”afirmou o Dr. Marcos Rubira, delegado. 

A polícia civil chegou a informação de que nesse carro o homem foi morto carro de sua propriedade três pessoas segundo a investigação estavam aqui dentro no passageiro a esposa no banco de trás do motorista que foi a vítima a suposta amante e uma amiga que também ajudou em toda articulação estava do outro lado do banco de trás um tiro com uma arma de pequeno calibre foi o que bastou para tirar a vida desse mecânico do norte do Paraná

Quatro pessoas foram presas, três mulheres e um homem, todos segundo o delegado com participação clara no crime e que teriam também combinado suas versões para o que aconteceu. 

A esposa de Samuel que as investigações apontam como mandante, queria os bens que o casal possuía para usufruir com a nova namorada. Ela teria até publicado em postagens de WhatsApp a intenção de matar o marido.