Homem que trocou de nome pra disputar campeonato de futebol é preso com armas e munições

A Polícia Civil do Paraná prendeu um homem, de 37 anos, suspeito de usar documentos falsos para conseguir participar de campeonatos de futebol. A captura ocorreu nesta quinta-feira (6), no bairro Boqueirão, em Curitiba. 

O homem trabalha em uma empresa de segurança privada e se identificava com um nome falso desde 1997, quando era jogador de futebol. Devido a idade ultrapassada para campeonatos, o empresário teria mudado o nome dele para que pudesse participar de um time em Portugal.  

Através de uma denúncia anônima, a polícia localizou o suspeito. Além do documento de identificação e passaporte falsos, ele era casado e tinha um filho registrado com o segundo nome.  Os policiais civis apreenderam documentos, munições de calibre 12mm e uma arma calibre 9mm.

“Iniciamos essa investigação há um mês. Fizemos levantamentos, descobrimos que havia uma falsidade e demos cumprimento na ação. Ele montou toda uma vida em cima disso: tirou carteira de identidade, CNH, passaporte e até fez registro do CAC no Exército para portar arma”, disse o delegado Rodrigo Brown à Rede Massa.

Ele não tem passagens pela polícia com o nome verdadeiro e foi preso por porte ilegal de arma de fogo e uso de documentos falsos.

“Além de se identificar com nome frio, ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e deve responder também por falsidade ideológica.”, afirmou Brown.

Com informações da Polícia Civil