Homem sobe no telhado de UPA, ameaça se jogar e mobiliza equipes da PM

Um homem em surto psicótico subiu no telhado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santana, em Ponta Grossa, e a ameaça de suicídio mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. A confusão começou na tarde desta segunda-feira (15), por volta de 16h30 e se estendeu até o final da madrugada de terça-feira (16). Ele foi levado para atendimento médico e passa bem.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi levada pelo Samu até a UPA amarrado na maca por causa do surto. Quando se soltou, ele pegou uma faca e subiu no telhado da unidade de saúde. Todo o perímetro precisou ser isolado, bloqueando inclusive os acessos ao Pronto Atendimento, para evitar a aglomeração de pessoas e dar mais tranquilidade aos policiais e à vítima durante a negociação.

A equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Curitiba foi acionada para assumir as tratativas com o homem, que ainda não teve a identidade revelada. A viatura chegou às 20 horas e as negociações se estenderam até as 4h50. Segundo a PM, “após esgotadas todas as possibilidades de negociação, a equipe de intervenção subiu no local e conseguiu dominá-lo”.

Com o fim do caso, que durou mais de 12 horas, o homem foi detido e encaminhado para atendimento médico.

Colaboração Ricardo Marcondes/Rede Massa.