Imagens divulgadas pela polícia mostram suspeito de matar homossexuais

A Polícia Civil divulgou imagens de câmeras de segurança que flagraram o suspeito de cometer crimes contra homossexuais em Curitiba, no Paraná, e na cidade de Abelardo da Luz, em Santa Catarina, entre os meses de abril e maio. José Tiago Correia Soroka está sendo procurado e possui mandados de prisão temporária em aberto pelos crimes.

Segundo as investigações da PCPR, José Tiago seria responsável pelas mortes de David Júnior Alves Levisio, ocorrida no dia 27 de abril, e Marcos Vinício Bozzana da Fonseca, assassinado no dia 4 de maio, ambas na capital paranaense. Além do enfermeiro e do estudante de medicina, ele também é suspeito do latrocínio contra Robson Olivino Paim, no dia 16 de abril, no norte catarinense.

Ainda conforme a polícia, o homem tentou matar outro homossexual, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. Na ocasião, a vítima conseguiu resistir ao ataque, mas teve alguns bens roubados, no dia 11 de maio.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Crimes semelhantes

As três vítimas, de acordo com a polícia, eram homossexuais e moravam sozinhas. Os três homens foram encontrados mortos amarrados na cama de suas residências com sinais de asfixia. Após o crime, eles tinham os pertences levados pelo criminoso.

De acordo com as investigações, o suspeito marcava os encontros por aplicativos de relacionamento entre homossexuais. Em um primeiro momento, ele chegava a trocar fotos com os rapazes e, posteriormente, combinava de ir até a residência. Assim que chegava no local, estrangulava as vítimas e, após o sufocamento, colocava um cobertor sobre o corpo.

David, Marcos e Robson foram assassinados no Paraná e Santa Catarina.

Denúncias

A Polícia Civil do Paraná solicita a colaboração da sociedade com informações que auxiliem na localização do procurado. As denúncias podem ser feitas de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia ou pelo 0800-643-1121, diretamente à equipe de investigação.

Vídeos