Mulher é morta com 12 facadas ao lado de bebê na CIC; suspeito está preso

Uma moça de 25 anos foi morta a facadas na noite deste domingo (12) na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), na capital paranaense. A vítima foi identificada com Barbara Barth, de 25 anos. A jovem foi morta a facadas no quarto de casa e o corpo foi encontrado ao lado do bebê de oito meses. Um suspeito de envolvimento no crime foi preso na manhã desta segunda-feira (13).

O crime aconteceu por volta das 21h30 na rua Favo de Mel, na CIC. A mulher estava em casa e o marido, de 21 anos, tinha saído para comprar um refrigerante para o jantar da família. Nesse momento, o assassino pulou o muro do imóvel, entrou pela porta da cozinha, que estava aberta, e partiu pra cima da vítima. Pelos sinais encontrados na casa, a polícia acredita que Barbara ainda tentou lutar contra o assassino, mas levou uma facada no pescoço e não resistiu.

O esposo da vítima encontrou o corpo quando chegou em casa e avisou a polícia, socorristas do Samu e a família da jovem. Num primeiro momento, ele foi considerado suspeito do crime, mas imagens de câmeras de segurança mostraram o assassino pulando o muro e a polícia já descartou a participação do marido dela no assassinato.

Já durante a manhã desta segunda, investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu um suspeito de cometer o crime. Ele foi encontrado na própria casa, na CIC, onde também foram apreendidas as roupas usadas no crime – a arma do homicídio não foi encontrada. O suspeito, que não teve a identidade revelada, permaneceu em silêncio durante o depoimento e só deve se pronunciar sobre o caso em juízo.

Testemunhas disseram que o rapaz já tinha ido até a casa da família para ameaçar o casal e aproveitou o momento em que o esposo de Barbara tinha saído de casa para pular o muro e cometer o crime. Ele já tinha passagens pela polícia e, inclusive, na hora do crime usava uma tornozeleira eletrônica. A investigação segue para identificar se há outros envolvidos no crime.