Polícia Civil identifica corpo de jovem afogado em Maringá

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) identificou o corpo de um jovem afogado na terça-feira (15) em Maringá, região Norte do Estado. Um papiloscopista do Instituto de Identificação do Paraná (IIPR) coletou as impressões digitais da vítima na quarta-feira (16) e emitiu o laudo necropapiloscópico dois dias depois, na sexta-feira (18).

Duas técnicas de papiloscopia foram aplicadas para coletar as impressões digitais do jovem de 19 anos. Primeiro foi utilizada a técnica de rolagem, que consiste em pintar com tinta dos dedos e depois pressioná-los contra o papel. O papiloscopista Alexandre de Carvalho disse que a técnica foi insuficiente e em seguida foi aplicada a técnica da luva cadavérica.

Na segunda técnica foi feita a retirada da pele dos dedos da vítima, que serve para revestir o dedo do papiloscopista. Com essa adaptação é possível fazer o entintamento e gerar a digital no papel.

AFOGAMENTO

O corpo do rapaz foi encontrado no Rio Ivaí, em um ponto próximo à PR-317. A vítima é natural de Cascavel e estava internada em uma clínica de recuperação de Maringá.