Polícia investiga suposto latrocínio que resultou na morte de idoso

De acordo com informações da perícia, Ataíde Ferreira foi morto com um tiro na cabeça

Mais um latrocínio na capital. Uma casa na rua Pedro Saturnino, no bairro Uberaba, foi invadida por ladrões. A polícia foi acionada para conferir uma possível morte natural, mas acabaram se deparando com um latrocínio. Um idoso morava sozinho na casa. De acordo com testemunhas, na madrugada desta quinta-feira (21) houveram muitos barulhos na residência.

O filho do idoso percebeu um tiro na cabeça do pai. A polícia localizou também marcas de tiro pela casa. De acordo com as informações de testemunhas no local, o crime foi motivado por uma venda de carro. O caso segue para investigação. Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta quinta-feira (21):

Novidades no caso

Seu Ataíde Ferreira, de 63 anos, parou de responder as mensagens do filho por volta das nove da noite desta quarta-feira (20). No dia seguinte, pela manhã, o rapaz foi até a casa do pai que fica no bairro Uberara, em Curitiba.

Sem sinal de seu Ataíde, o filho pulou o muro e encontrou o pai completamente já sem vida. De acordo com a polícia civil, o homem levou um tiro na nuca. Mas outros dois disparos também foram constatados pela perícia.

Um dos tiros acertou a casa da vizinha. A principal suspeita é de latrocínio: roubo seguido de morte. Uma televisão foi levada da casa e há outros indícios de quem cometeu o crime: o suspeito tentou levar o carro de Ataíde, que ele usava para trabalhar com entregas.

Veja mais detalhes na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta sexta-feira (22):