Suspeito de matar ex-namorada em pesque-pague se apresenta à polícia

Se apresentou à Polícia Civil nesta quinta-feira (30) o jovem identificado como Bruno Guilherme, suspeito de matar a facadas a ex-namorada Ketlin Chagas em um pesque-pague no último fim de semana. Ele foi apontado por testemunhas como autor do crime depois de discutir com a mulher durante seu aniversário. Ele fugiu logo após o crime e era procurado pela polícia desde então.

“O Bruno Guilherme apareceu no Centro de Triagem, em Curitiba, pra responder pela covardia que fez de matar a menina Ketlin com sete facadas lá no pesque-pague, quando ela não queria mais ter um relacionamento com ele”, confirmou o delegado Mario Sergio Bradock, em vídeo encaminhado à imprensa.

Leia também: Suspeito de matar jovem em pesque-pague recebeu ajuda de amigo, diz polícia

No último dia 25, o suspeito comemorava seu aniversário em um pesque-pague de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, e convidou a ex-namorada para a festa. Ketlin, que tinha terminado o relacionamento com Bruno Guilherme há pouco tempo e estava com outro rapaz, aceitou o convite e chegou a tirar fotos com seu algoz. Pouco tempo depois, eles se afastaram dos outros convidados, mas testemunhas disseram ter ouvido uma discussão. Em seguida, Ketlin levou sete facadas e morreu no local do crime.

Depois do crime, o suspeito pegou o celular de Ketlin e mandou mensagens de áudio para o atual namorado da vítima confessando o crime e ameaçando-o de morte. “Me traiu, sete facadas levou a lazarenta agora. E o próximo é você, cara, o próximo é você, seu nóia”, diz Bruno na mensagem. Pouco tempo depois, ele passa o endereço de sua casa e chama o rapaz para a briga.