Tarado é preso em terminal ao mostrar órgão genital para mulheres

Um homem foi preso no Terminal do Cabral, em Curitiba, por atentado ao pudor na madrugada desta quarta-feira (21). Ele teria mostrado o órgão genital para mulheres que aguardavam para pegar o ônibus, foi abordado pela Guarda Municipal e reagiu à prisão.

As testemunhas disseram que o suspeito de 33 anos estava urinando e percebeu que tinha sido flagrado por algumas passageiras. Ele começou a se masturbar, foi repreendido e gritou que faria sexo com todas elas. Revoltadas, as mulheres chamaram a segurança do terminal para detê-lo até a chegada da Guarda Municipal.

Várias outras pessoas que estavam próximas também ficaram indignadas com a situação e tentaram linchar o suspeito, que acabou ‘salvo’ por ter sido detido pelos seguranças. Contudo, quando a equipe da Guarda Municipal chegou e ele percebeu que seria preso, ele resistiu à prisão e tentou agredir à equipe. Ele acabou contido e ainda tentou simular um ataque para não ser levado para a delegacia.

O homem de 33 anos se identificou como artesão e não tinha passagens pela polícia.

Colaboração Iverson Vaz, da Rede Massa.