Traficante conhecido da polícia é executado ao chegar para visitar a namorada no Alto Boqueirão

A suspeita é de que ele tenha sofrido uma emboscada

Uma rajada de tiros assustou os moradores da Rua Wilson Dacheux Pereira, no Alto Boqueirão, em Curitiba, que encontraram o corpo de um homem caído na canaleta exclusiva para ônibus, no final da manhã desta quarta-feira (28). A suspeita é de que ele tenha sofrido uma emboscada enquanto chegava para visitar a namorada.

Segundo o delegado, Tito Barichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Edi Airton Borges tinha uma longa ficha criminal e era um velho conhecido da polícia. Ele estaria envolvido com o tráfico de drogas, lesão corporal e no homicídio de um jovem, de 18 anos, que foi assassinado em uma quadra de futebol.

“Mais um crime do tráfico de drogas. É nosso conhecido, investigado pela morte do Danielzinho, em uma praça pública. Ele também foi vítima de uma tentativa de homicídio há um tempo atrás, quando levou vários tiros dentro de uma Saveiro.”, afirmou em entrevista à reportagem da Rede Massa.

‘Edinho’, como era conhecido, estaria chegando em uma residência para visitar a namorada, quando foi surpreendido pelos atiradores. Ainda conforme a polícia, o imóvel já tinha sido alvo de uma operação da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc).

Imagens de câmeras de segurança da região estão sendo analisadas. A Polícia Civil conta com a ajuda da população para identificar os autores, que fugiram após o crime. Quem tiver informações sobre o paradeiro dos suspeitos, faça contato com o disque-denúncia no 0800 643 1121. Sua identidade poderá ser mantida em sigilo.