Bolsonaro diz que “CPI da mentira” não vai derrubar o governo

BRASÍLIA (Reuters) – Em discurso no Pará, o presidente Jair Bolsonaro desafiou a CPI da Covid, que acontece no Senado, e disse que a comissão não vai “derrubar o governo federal”.

Bolsonaro discursou durante um evento no Pará, onde assinou a ordem de serviço de asfaltamento de uma parte da rodovia Transamazônica.

“Não vai ser uma CPI da mentira, onde não se busca a verdade, que se ilude achando que vai derrubar o governo federal”, disse Bolsonaro.

Nesta sexta, depois de divulgar a lista de pessoas que se tornaram investigadas pela CPI – incluindo assessores presidenciais, ex-ministros, secretários do governo e o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga – o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), não afastou a possibilidade do próprio presidente ser investigado.

Segundo Renan, não há clareza legal se a CPI pode ou não investigar Bolsonaro, mas se houver essa possibilidade ele será investigado.