Ex-ministro da Educação Milton Ribeiro é preso em operação da Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (22) a Operação Acesso Pago, que tem o objetivo de investigar a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação. Entre os alvos da operação está o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, preso em Santos (SP), no litoral paulista.

A audiência de custódia dele está marcada para esta quinta-feira (23) em Brasília.

As ordens judiciais foram emitidas pela 15ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal. Segundo a PF, são cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e cinco prisões nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal. Também foram efetuadas outras medidas cautelares, como proibição de contatos entre os investigados e envolvidos.

O inquérito foi aberto com base em matérias da imprensa, que revelaram a existência de um gabinete paralelo dentro do MEC com a presença de pastores evangélicos. Após a revelação do caso, o ex-ministro deixou o cargo.

Informações do SBT News.