Inflação é mundial, não tem a ver com governo Bolsonaro, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira que o movimento de alta da inflação é um fenômeno mundial e não tem a ver com a gestão do presidente Jair Bolsonaro, ressaltando que a alta de preços não se repetirá no ano que vem porque o governo agiu antes.

“Vejam, a inflação é mundial, não tem nada a ver ‘ah, o governo Bolsonaro’… não, o mundo sofreu um choque adverso”, afirmou.

“A inflação vai subir de novo ano que vem? Não. Vai descer porque agimos primeiro”, disse.

Guedes ressaltou que o governo está atenuando esse choque por meio do corte de tributos.

O ministro ressaltou que o Banco Central subiu juros para enfrentar a inflação antes de outros países e que o governo reduziu seu déficit fiscal. Segundo ele, o Brasil está crescendo menos este ano exatamente por ter agido antes.