Votação expressiva na Câmara gera otimismo com MP da Eletrobras no Senado, diz CEO

SÃO PAULO (Reuters) – O grande número de votos favoráveis à medida provisória de privatização da Eletrobras na Câmara em votação na última quarta-feira gerou sinalização favorável para a deliberação do texto no Senado, disse nesta terça-feira o presidente da elétrica estatal, Rodrigo Limp.

“Tivemos na semana passada aprovação na Câmara com quórum muito expressivo, foram 313 deputados que votaram favoráveis, que é o suficiente para aprovar uma emenda constitucional, inclusive”, afirmou o CEO, durante evento do BTG Pactual transmitido online.

“Isso traz uma perspectiva muito positiva para essa aprovação no Senado”, disse Limp, ao destacar ainda que o Congresso votou recentemente outras matérias importantes para o setor de energia, como a lei do gás.