Prazo de votação para novo primeiro-ministro britânico termina nesta sexta

Termina às 17h desta sexta-feira (2) o prazo de votação para eleger o novo primeiro-ministro do Reino Unido. A disputa para suceder Boris Johnson, que renunciou ao cargo em meados de julho, está entre o ex-ministro das Finanças Rishi Sunak, de 42 anos, e a ministra das Relações Exteriores, Liz Truss, de 47, considerada favorita.

Ambos os candidatos vêm apresentando propostas desde julho, quando foram escolhidos como finalistas, para conquistar o voto dos cerca de 200 mil membros do Partido Convervador. O último encontro de Truss e Sunak foi na 5ª feira (1º.set), durante reunião da sigla em Londres. No total, os concorrentes participaram de três debates televisionados.

O novo premiê britânico está programado para ser anunciado no dia 5 de setembro, e deverá tomar posse automaticamente, uma vez que o Partido Conservador é majoritário na Câmara dos Comuns. No dia seguinte, o vencedor deve se encontrar com a rainha Elizabeth II, no castelo de Balmoral, na Escócia. 

Apesar das expectativas, o novo representante do Reino Unido herdará a crise econômica atual, que está impactando cada vez mais no custo de vida dos moradores. Para outubro, por exemplo, o governo britânico estima alta de 87.06% no preço das contas de energia e gás. Somadas, as tarifas devem aumentar de 1.970 libras, em abril, para 3.576 libras.

Confira abaixo as principais propostas dos candidatos:

Liss Truss

  • Pretende reverter o recente aumento do Seguro Nacional, que entrou em vigor em abril, e manter um orçamento de emergência;
  • Promete acabar com o aumento planejado (19% para 25%) no imposto sobre as empresas;
  • Pretende mudar os impostos para facilitar a permanência das pessoas em casa para cuidar de crianças ou parentes idosos.

Rishi Sunak

  • Promete reduzir os impostos após controle da inflação;
  • Pretende destinar os acordos salariais do setor público para órgãos independentes de revisão salarial;
  • Promete descartar 5% da taxa sobre a energia elétrica por um ano caso o preço das contas ultrapasse 3 mil libras.

Informações de SBT News