Preço da passagem para voos nacionais registra alta de até 45%

Um levantamento feito pelo buscador de viagens KAYAK apontou para um aumento no preço médio das passagens aéreas entre os 20 destinos nacionais mais buscados na plataforma durante o mês de março. Na lista das cidades, Florianópolis foi a que apresentou maior alta, custando 45% a mais quando comparado com o mês anterior.

Outras cidades que tiveram reajuste expressivo foram Brasília, com aumento de 41%, São Paulo e Rio de Janeiro, ambos com alta de 40%. O maior preço médio da passagem aérea, entre os destinos mais buscados, foi Maceió, que chegou a custar R$ 1.510.

Já entre os destinos internacionais, houve crescimento médio no valor do bilhete para Lima (+20%), Porto (+17%) e Amsterdã (+17%), Paris (+16%), Londres (+15%) e Lisboa (+14%). Das 20 cidades citadas no levantamento, apenas Cancún teve queda no preço da passagem, com -1% em relação ao mês de fevereiro. 

Entre as passagens mais caras estão com destino a Lisboa e Londres, custando R$ 5.299 e R$ 5.250, respectivamente. Já Buenos Aires registrou o valor mais barato, com preço médio de R$ 1.900.

“Dificilmente há apenas uma causa para a formatação do preço de uma passagem aérea. Em algum momento, algum fator pode representar mais do que o outro, mas, no geral, devemos considerar preço do combustível de aviação, oferta e demanda, reconfiguração das malhas aéreas, variação cambial, antecedência de compra, alta ou baixa temporada, entre outros fatores.” explica Gustavo Vedovato, gerente do KAYAK no Brasil .

Informações SBT News