Premiê britânico “não vai a lugar algum”, diz ministro ao Parlamento

LONDRES (Reuters) – O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, não vai a lugar algum, disse o ministro Michael Ellis ao Parlamento nesta terça-feira, quando questionado sobre relatos de uma festa onde cada convidado “traz sua própria bebida” no jardim de Downing Street, no Reino Unido, durante o primeiro lockdown para conter a disseminação do coronavírus.

Questionado por um parlamentar trabalhista da oposição se Johnson renunciaria caso fosse descoberto que ele infringiu a lei, Ellis respondeu que era uma posição hipotética.

“O primeiro-ministro não vai a lugar algum”, disse ele. “O primeiro-ministro mantém a confiança do povo deste país.”