Prouni: MEC prorroga prazo para confirmação de dados de pré-selecionados

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para que os pré-selecionados na lista de espera comprovem as informações fornecidas no ato da inscrição no processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni), do primeiro semestre de 2022. Agora, os estudantes terão até o dia 20 de abril para concluir a última etapa do programa.

Conforme o edital, o dia e horário da entrega de documentos deverá ser conferido pelo candidato nas páginas das universidades, que também poderão realizar um processo seletivo próprio. Comprovantes de renda familiar e histórico escolar, por exemplo, estão entre as exigências.

Para bolsas integrais, o candidato precisa ter renda familiar mensal per capita de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.818), enquanto a bolsa parcial requer renda familiar mensal per capita de 1,5 a 3 salários mínimos (de R$ 1.818 a R$ 3.636). O principal critério para a aprovação do candidato é a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além das exigências já estabelecidas:

  • Ter cursado o ensino médio completo na rede pública;
  • Ter sido bolsista integral em escolas particulares durante todo o ensino médio;
  • Ter alguma deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, na educação básica.

Com exceção dos docentes, os demais candidatos não podem ter diploma do ensino superior.

Nesta edição, a lista de espera do Prouni foi divulgada no dia 7 de abril e continua disponível para consulta no portal Acesso Único. Ao todo, 544.755 candidatos se inscreveram no programa, que ofertou 273.001 bolsas, sendo 181.036 bolsas integrais e 91.965 parciais. Ambos os benefícios contemplaram o total de 19.584 cursos de graduação, em 1.085 instituições privadas de ensino superior por todo o país.

Informações SBT News