Quadrilha que transporta cigarros contrabandeados é alvo de operação da PF

A Polícia Federal (PF) está em operação na manhã desta quinta-feira (9) para cumprir mandados contra uma quadrilha que transporta ciagrros contrabandeados em Guaíra, na fronteira do Paraná com o Paraguai.

São 96 mandados de busca e apreensão e 66 de prisão preventiva nas cidades de Terra Roxa, Iporã, Francisco Alves, Umuarama, Cafezal do Sul, Guaíra, Altônia no Paraná e no Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Foto: PF

A quadrilha chegou a movimentar até 750.000 maços de cigarros em uma noite, o que corresponde a aproximadamente R$ 3.750.000 em valor de mercado. A Justiça determinou, ainda, o sequestro de 31 bens imóveis e o bloqueio de contas em nome dos chefes da organização.

Pelo menos 100 suspeitos fazem parte do grupo criminoso. Grande parte dos integrantes é formada por ‘olheiros’ que avisavam a quadrilha sobre a movimentação policial na região, tendo sido identificados, além dos líderes, também pilotos e homens que atuavam na logística do crime.

Os suspeitos pagavam policiais militares para prestar informações sobre a atuação das forças de segurança e para dar cobertura aos criminosos.

Foto: PF

Os criminosos vão responder por contrabando, participação em organização criminosa e corrupção ativa e passiva. As penas, se somadas, podem ultrapassar 25 anos de prisão.