Radares são religados em ruas do Centro e do Santa Cândida

Quatro radares, mais modernos que os equipamentos antigos que já funcionavam nos mesmos locais, vão entrar em operação a partir das 10h desta sexta-feira (20), em ruas dos bairros Centro e Santa Cândida. Os equipamentos ficam na Rua Luiz Leão, no cruzamento com a Conselheiro Araújo (Centro); na Avenida Sete de Setembro, próximo ao número 1.610 (Centro); na Rua João Gbur, no cruzamento com a Rua Fernando de Noronha (Santa Cândida); e na Rua Fernando de Noronha, no cruzamento com a João Gbur (Santa Cândida).

Os radares vão flagrar limite de velocidade, conversão proibida, avanço de sinal vermelho, parada sobre a faixa de pedestre e conversão obrigatória.  

Instalados em pontos considerados mais sensíveis de respeito dos condutores à velocidade máxima estabelecida, os redutores contribuem para melhorar a segurança viária de outros motoristas e também de pedestres e ciclistas.

Nos locais, há sinalização de trânsito indicando tanto o limite de velocidade quanto a fiscalização eletrônica, seguindo padrões determinados em legislação federal. Os locais têm placas, semipórticos e legendas no pavimento (no mínimo 100 metros antes do radar).

A lista completa e atualizada dos radares em funcionamento na cidade pode ser consultada no site da Setran.  

Velocidades e outras fiscalizações

Na Rua Luiz Leão, no cruzamento com a Rua Conselheiro Araújo, o limite de velocidade será de 40 km/h. Esse equipamento também vai fiscalizar a conversão proibida, avanço de sinal vermelho, parada sobre a faixa de pedestres e conversão obrigatória.

O equipamento da Avenida Sete de Setembro, próximo ao número 1.610, vai fiscalizar o limite de velocidade de 40 km/h.

Na Rua João Gbur, no cruzamento com a Fernando de Noronha, o limite de velocidade será de 60 km/h. Já na Rua Fernando de Noronha, cruzamento com a João Gbur, o limite de velocidade será de 40 km/h. Os equipamentos também vão fiscalizar avanço de semáforo e parada sobre a faixa de pedestres.

O projeto de redução na velocidade máxima permitida tem se expandido pela cidade, seguindo tendência mundial para tornar as vias mais tranquilas e seguras. Estudos diversos do setor comprovam que a velocidade média e a fluidez no trânsito melhoram com vias urbanas com limites de 40 km/h, de 50 km/h e de 60 km/h.

Informações da Prefeitura de Curitiba