Reino Unido inclui mais nove sintomas da covid devido a variantes

O Serviço de Saúde do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês) incluiu mais nove sintomas relacionados à covid-19. Antes, o órgão público atribuía como manifestações da doença os sintomas exclusivos de tosse, febre e perda de olfato e paladar. Agora, com o avanço das variantes, as manifestações atribuídas à ômicron, por exemplo, lembram mais uma gripe e não contam com a perda de percepção dos sentidos.

De acordo com o NHS, associar os novos sintomas à covid-19 aumenta a chance de pessoas fazerem testes rápidos e estimula os serviços de saúde a realizarem testes de PCR em pacientes sintomáticos. Nos casos positivos para a doença, os cidadãos poderiam ser isolados mais rapidamente.

Os novos sintomas incluem:

  • Falta de ar
  • Fadiga ou exaustão
  • Dores no corpo
  • Dor de cabeça
  • Dor de garganta
  • Nariz entupido ou escorrendo
  • Perda de apetite
  • Diarreia
  • Náuseas ou vômitos

O órgão afirma, no entanto, que por não ser possível dizer quando se tem covid-19, gripe ou outra infecção respiratória com base apenas nos sintomas. A orientação, portanto, passou a ser considerar que pode ser covid até que se prove o contrário. 

“Se tiver sintomas de uma infeção respiratória, como a covid-19, febre, ou não se sentir suficientemente bem para ir trabalhar ou realizar atividades normais, é aconselhável tentar ficar em casa e evitar o contato com outras pessoas”, diz o NHS. O órgão ressalta ainda que a maioria das pessoas com covid-19 e outras infecções respiratórias, se vacinadas, terão uma reação mais leve em relação à doença.

Informações SBT News