Saúde recomenda segunda dose de reforço para idosos acima de 60 anos

O Ministério da Saúde recomendou nesta quarta-feira (18) a aplicação de uma segunda dose de reforço da vacina contra a covid-19 para a população com 60 anos ou mais. A aplicação já está permitida para estados e municípios.

As vacinas indicadas para a nova fase de imunização da população idosa são Pfizer, Janssen e Astrazeneca, independente de qual imunizante a pessoa recebeu anteriormente. O intervalo deve ser de quatro meses após a primeira dose de reforço.

A aplicação da segunda dose de reforço estava sendo recomendada apenas para idosos acima de 70 anos e idosos com mais de 60 que vivem em instituições de longa permanência. Agora, mais 24,2 milhões de brasileiros estão aptos a receber mais uma dose da vacina.

Informações de SBT News