Ucrânia diz que 153 crianças foram mortas desde o início da invasão russa

O governo ucraniano informou, nesta 6ª feira (1º.abr), que 153 crianças foram mortas e 245 ficaram feridas desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro. Segundo as autoridades, a maior parte das vítimas residiam nas regiões de Kiev, capital, e na cidade de Kharkov, no noroeste do país.

Apesar do número divulgado, o governo afirma que a quantidade de óbitos pode ser maior, uma vez que o monitoramento acontece com dificuldade. Agora, agentes investigam as mortes causadas no município de Mariupol, no sul da Ucrânia, alvo de intensos bombardeios nas últimas semanas. 

De acordo com estimativa da Organização das Nações Unidas (ONU), o conflito militar já matou ao menos 1.232 civis e provocou a movimentação de outros 10 milhões, incluindo 4 milhões em situação de refúgio e 6,5 milhões deslocados internamente. No total, a entidade aponta que 13 milhões de civis estejam precisando de ajuda humanitária.

Informações SBT News