Universidade afasta estudantes por racismo e homofobia no Paraná

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) teve acesso a capturas de telas de publicações de um grupo de alunos em uma rede social. Conhecidos como ‘Calourada Agronomia’, os estudantes praticavam ofensas contra homossexuais.

As conversas tinham imagens racistas, frases e outras mensagens de ódio. Em nota, a universidade disse que os alunos vão responder um inquérito administrativo e que as investigações vão durar cerca de 30 dias.

Os alunos podem ser afastados da universidade após as investigações. A instituição afirmou, ainda, que irá reforçar as campanhas de sensibilização de Direitos Humanos. O Ministério Público investiga o caso em sigilo e não se manifestou até o momento.