Valores a receber: segunda fase de consultas segue suspensa pelo Banco Central

A segunda fase de consulta do “dinheiro esquecido” em bancos e instituições financeiras, antes prevista para esta segunda-feira (02), segue suspensa e sem uma nova data, de acordo com o Banco Central.

O serviço de consultas e saques no Sistema de Valores a Receber foi suspensa por conta da greve dos servidores do Banco Central. Segundo o BC, o sistema está passando por aprimoramento e inclusão de novos valores, e a paralisação “prejudicou o cronograma de desenvolvimento das melhorias”.

Na primeira etapa de consulta, que terminou em 16 de abril, 28 milhões de pessoas ou companhias puderam sacar até R$ 3,9 bilhões. Na segunda fase, os saques das quantias esquecidas poderão ser feitos de cobranças indevidas de tarifas ou obrigações de crédito não previstas em termo de compromisso; contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas e com saldo disponível; contas encerradas em corretoras e distribuidoras de títulos e de valores mobiliários; e demais situações que resultem em valores a serem devolvidos reconhecidas pelas instituições financeiras.

Informações de SBT News