Novo Honda City 2023 quer substituir Civic e Fit. Será que consegue?

Já estão nas lojas as duas versões do novo Honda City 2023, sedan e hatch. Por enquanto é o único modelo que a marca japonesa está fabricando no Brasil, pois o Civic passará a ser importado e o SUV H-RV, o carro mais vendido da marca, saiu de produção e volta no segundo semestre modificado para atender à nova lei de emissões e, certamente, muito mais caro. O Fit também saiu de linha. Com isso, a Honda pretende substituir o Civic com o City sedan e o Fit com a versão hatchback. Os modelos tem três tipos de acabamentos: EX, ELX e Touring, que é o topo de linha.

De frente os modelos são idênticos, mas a grade do hatch é tipo colmeia, e o mesmo acontece com o interior. A mudança é a partir da coluna central.

O sedã é bem mais comprido, para justamente ficar mais próximo do Civic. São 4,55 metros de comprimento, ou seja, um ganho expressivo de 94 milímetros na comparação com o City anterior. Já a largura cresceu 53 mm, e tem 1,75 metro.

Além do espaço interno mais generoso, O New City trás novas tecnologias. O painel tem duas telas coloridas nas versões EXL e Touring. O quadro de instrumentos traz um display de 7 polegadas, personalizável e com alta resolução. E a central multimídia tem tela de 8 polegadas e conexão sem fio com Android Auto e Apple Carplay.

O motor 1.5 recebeu alguns aprimoramentos. Tem injeção direta de combustível e duplo comando de válvula variável. São 126 cavalos de potência e 150 nm de torque, ficando bem atrás dos motores 1.0 turboflex. O câmbio é CVT recalibrado.

Todas as informações estão no vídeo especial de Carros e Motores sobre o novo Honda City 2023.