Número de eleitores analfabetos chega a mais de 6,3 milhões no Brasil

O número de eleitores analfabetos no Brasil chega a mais de 6,3 milhões, representando 4,05% de todos os votantes nacionais. Os dados, divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apontam que, embora o maior público eleitorado (26,31%) seja composto por aqueles com o ensino médio completo, 7,16% dos votantes ainda é instituído por cidadãos que apenas “leem e escrevem”.

Em segundo lugar este ano, está exatamente o público com ensino fundamental incompleto, que liderou o eleitorado no pleito de 2018 e 2014, composto agora por 35,9 milhões de votantes, o que corresponde a 22,97% das pessoas aptas a votar. Na sequência, 26 milhões eleitores afirmaram ter o ensino médio incompleto (16,65%) e outros 17,1 milhões declararam ter o ensino superior completo (10,95%).

De acordo com  TSE, no dia 2 de outubro, primeiro turno das eleições, 156.454.011 eleitoras e eleitores poderão comparecer às urnas para escolher os novos representantes políticos. Neste ano, estão em disputa os cargos de presidente da República, governador, senador e deputado federal, deputado estadual ou distrital. 

Informações SBT News