Papa pede paz e diz que “estamos equipados com pensamentos agressivos”

O papa Francisco voltou a comentar sobre a violência global e afirmou que a paz deve ser construída gradualmente. Em audiência nesta terça-feira (1), o pontífice ressaltou que muitas pessoas estão equipadas com pensamentos agressivos e palavras de ódio, o que gera uma defesa “com muros de concreto da indiferença”.

“Na verdade, a paz tem que ser construída e, como qualquer construção, ela requer compromisso, colaboração, paciência. Gostaríamos que a paz chovesse do alto, ao invés disso a Bíblia fala de ?semente da paz?, porque ela germina do solo da vida, da semente do nosso coração. A paz não é alcançada conquistando ou derrotando alguém, nunca é violenta, nunca está armada”, disse.

A última frase faz referência aos vários conflitos militares que acontecem atualmente no país, todos já mencionados por Francisco em discursos anteriores. Além de pedir paz em Mianmar, Camarões e Síria, o pontífice segue expressando preocupação com a Ucrânia, que está em guerra com a Rússia. 

Informações SBT News