Paraná foi o estado do Sul com o maior número de empregos em fevereiro

O Paraná foi o primeiro estado da Região Sul e o terceiro do Brasil que mais abriu postos de trabalho com carteira assinada, no mês de fevereiro. Foram 41.616 vagas, de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira (30), pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão ligado ao Ministério da Economia.

O resultado do saldo corresponde a 146.014 admissões e 104.398 demissões, o que resulta em alta de 70% em relação ao obtido em janeiro, quando foram criadas 24.342 vagas no Paraná. Em comparação ao mesmo período do ano passado, o crescimento é de 68%.

As primeiras colocações vão para São Paulo (128.505 vagas) e Minas Gerais (51.939). Em relação aos estados do Sul, Santa Catarina finalizou fevereiro com saldo positivo de 33.994 admissões e o Rio Grande do Sul terminou com 29.587 contratações.

O resultado paranaense representa 10,3% do total de empregos abertos no Brasil em fevereiro.

Setores

Os setores que mais se destacaram em fevereiro, no Paraná, foram o de: serviços com 17.819 postos, seguido pela indústria da transformação (9.090), comércio (8.302), construção (4.961), agricultura (1.123) e serviços industriais de utilidade pública (321).

Municípios paranaenses

Segundo o Caged, Curitiba liderou a geração de empregos no Paraná, em fevereiro. Foram 13.061 novas vagas. Na sequência aparecem Maringá (1.895), Cascavel (1.570), Londrina (1.534) e São José dos Pinhais (1.424).

Empregos nacionais

O Brasil gerou 401.639 empregos em fevereiro. De acordo com o Caged, foram contratados 1.694.604 trabalhadores formais e demitidos 1.292.965.

Informações da AEN