Apesar de decisão judicial, Paraná ainda tem rodovias bloqueadas

Embora o Supremo Tribunal Federal (STF) e a Justiça Federal do Paraná tenham determinado o fim imediato dos bloqueios nas rodovias bloqueadas por bolsonaristas que ainda não aceitaram a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no último domingo, dezenas de trechos de rodovias paranaenses ainda apresentam pontos de bloqueio.

A Polícia Militar informou às 11h37 que o Estado ainda tinha 35 pontos de bloqueio, sendo oito totais e 27 parciais. A corporação informou ainda que “não serão disponibilizadas listas com os pontos de bloqueio nas rodovias estaduais”.

As equipes da PM ainda acompanham 74 manifestações que acontecem pelo Paraná sem bloqueio de ruas ou rodovias. O Corpo de Bombeiros foi acionado pelo menos 25 vezes desde segunda-feira (31) para apagar focos de incêndio e remover objetos nas estradas; a DefesaCivil atendeu outras duas situações.

“Vale ressaltar que a PMPR está cumprindo integralmente as determinações judiciais a fim de reestabelecer, o mais breve possível, a normalidade nas rodovias que cruzam o nosso estado”, diz a nota da Polícia Militar.

Bloqueios em rodovias federais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou na manhã desta quarta-feira (2), às 12 horas, nova atualização com a lista de rodovias bloqueadas em protestos de grupos bolsonaristas.

Os bloqueios totais nas rodovias federais foram totalmente desfeitos e agora restam apenas interdições parciais. Confira a lista abaixo: