Após passar a noite presa, motorista que atropelou motoboy presta depoimento

A motorista do veículo que atropelou o motoboy, Mozart Martins, 32 anos, se apresentou na Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) acompanhada de um advogado, nesta quinta-feira (17), e permaneceu detida por ter um mandado de prisão preventiva. Cassiane Aparecida Araújo Aires passou a noite presa e, na manhã desta sexta (18), foi interrogada pela polícia.

O veículo Fox, que aparece nas imagens de câmeras de segurança, foi levado à Dedetran por um familiar da jovem, que é suspeita de fugir do local sem prestar socorro. A motorista, moradora de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, era considera foragida. Ela responderá por tentativa de homicídio, omissão de socorro e fuga do local de acidente.

Acompanhe a chegada na delegacia:

O acidente

Na noite do último sábado (12), o motoboy estava a caminho de mais uma entrega na região, quando foi atingido pelo veículo que cruzou a canaleta exclusiva para ônibus e atingiu a vítima do outro lado da via. Em seguida, o Fox ocupado por mulheres deixou o local e a vítima ficou implorando por ajuda.

(Foto: Reprodução/Rede Massa)

Em estado grave, o entregador foi encaminhado ao Hospital Cajuru, onde passou por cirurgias e permanece internado sob cuidados médicos. Segundo os médicos, Mozar sofreu onze fraturas pelo corpo e deve passar por novas cirurgias. “Foram muitas lesões, o processo de recuperação será lento.”, contou Francielle Bilinoski, esposa de Mozart.

Unindo forças

Em um ato de solidariedade, grupos de motociclistas se uniram em frente à casa do motoboy e demonstraram apoio à categoria. Eles arrecadaram mantimentos e entregaram para os familiares do motoboy, que continua se recuperando e revelou estar feliz com a atitude dos colegas. “Esse pessoal veio aqui pra aumentar a esperança de que dias melhores virão. Ele [Mozart] ficou emocionado com tudo isso”, concluiu a esposa da vítima.