Aumento de casos de covid em Apuracana pode ter sido causado por variante

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou o primeiro caso de infecção pela variante indiana do novo coronavírus, chamada de B.1.617, no município de Apucarana, no norte do Paraná, nesta quarta-feira (2). Uma idosa, de 71 anos, com comorbidades, apresentou os sintomas da doença no dia 19 de abril após contato com casos confirmados.

Nos últimos dias, segundo o prefeito, Junior da Femac, houve um aumento significativo no número de casos de covid-19 na cidade, o que pode ter sido causado pela cepa. As informações do portal TNOnline.

“Nós vínhamos observando que a cada dia estava sendo registrado uma média de 150 a 160 novos casos positivados para Covid-19 em Apucarana”, comentou. A média registrada cerca de dez dias atrás era de 70 anos/dia.

Com os dados alarmantes, as autoridades precisaram adotar medidas mais rígidas, como restrição de circulação, rigor nas fiscalizações com apoio de policias militares e guardas municipais, além de abertura de mais leitos clínicos no Hospital da Providência.

“Também reforçamos o monitoramento de pessoas positivadas – que hoje são 2.338, das quais 140 estão recebendo oxigênio em casa -, e o trabalho de conscientização e alerta à população, visando à prevenção”, finalizou.

Suspeito

O Paraná registra ainda um caso suspeito da cepa B.1.617. Trata-se de um homem de 38 anos, residente em Cascavel, no Oeste do Estado. A amostra foi remetida à Fiocruz e aguarda o resultado do sequenciamento genômico. Ele permanece em observação.