Idoso que teria sido envenenado pelo filho morre em Apucarana

Valter Alberto Pereira da Silva, de 82 anos, que estava internado no Hospital da Providência, em Apucarana, desde o dia 22 de julho, morreu no final da tarde de segunda-feira (8). Ele foi hospitalizado depois de ter sido envenenado. O filho dele, de 57 anos, seria o principal suspeito do envenenamento.

O corpo de Valter foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Apucarana (IML). A Polícia Civil está investigando o caso.

Relembre o caso

O idoso com sintomas de envenenamento deu entrada no Hospital da Providência, em Apucarana, no dia 22 de julho, no final da tarde. Após os exames feitos pela equipe médica, a intoxicação por veneno foi confirmada. Os médicos realizaram uma lavagem estomacal e o idoso ficou hospitalizado, em estado grave. A Polícia Militar (PM) foi acionada.

No dia, os policiais chegaram a conversar com a vítima. O idoso disse que o autor era seu filho, de 57 anos, e que não é a primeira vez ele tentava matá-lo. Além disso, segundo a PM, a vítima disse que possivelmente o filho teria utilizado veneno de rato, conhecido como chumbinho. 

O idoso era morador do Jardim Ponta Grossa.

Com informações do portal TNOnline