É falso que eleitorado de Arapongas precisa “transferir” zona eleitoral

A Gralha Confere, ferramenta de checagens de notícias do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) identificou que é falsa uma mensagem que circula no WhatsApp dizendo que o eleitorado do município de Arapongas precisaria comparecer ao cartório eleitoral para fazer a transferência do título.

A mensagem diz que não será possível votar sem essa mudança. Esse conteúdo é falso. O eleitorado de Arapongas não precisa comparecer ao cartório para fazer a transferência de zona eleitoral. A 180ª Zona Eleitoral foi extinta em 2017, quando houve rezoneamento, com extinção de algumas zonas eleitorais em todo o país.

Porém, as eleitoras e eleitores não precisaram comparecer ao cartório para fazer a transferência. Todos continuaram votando nos mesmos locais em que votavam antes da mudança para a 61ª Zona Eleitoral.

Embora nos títulos eleitorais impressos antes do rezoneamento ainda apareça que o eleitor ou eleitora pertence à 180ª Zona Eleitoral, todo o eleitorado de Arapongas é atendido desde 2017 pela 61ª Zona Eleitoral, a única do município.

É possível imprimir uma segunda via do título em casa, em uma impressora comum, em qualquer tipo de papel, no Autoatendimento do Eleitor. Nesta segunda via já consta o vínculo de todo o eleitorado de Arapongas com a 61ª Zona Eleitoral.

Informações do TRE-PR