Operação combate quadrilha responsável por roubos a fazendas e empresas no Paraná

Dezenas de policiais foram às ruas em várias cidades do Paraná para combater uma quadrilha especializada em roubos a fazendas e a grandes empresas. A operação foi coordenada pelo Setor Operacional da 13ª Subdivisão Policial (SDP) de Ponta Grossa.

A ação é resultado de cinco meses de investigações, iniciadas a partir do registro de roubos a fazendas e empresas de grande porte na região dos Campos Gerais. Os policiais foram às ruas para cumprir 54 mandados judiciais distribuídos nos municípios de Araruna, Cianorte, Maringá, Indianópolis, Colombo e Ponta Grossa. Destes são 21 mandados de prisão, 26 mandados de busca e apreensão domiciliar e sete apreensões de veículos.

De acordo com a polícia, o grupo vinha agindo em diversas regiões do Estado do Paraná, sempre com violência, rendendo as vítimas com o uso de armas de fogo. Durante as ações, famílias inteiras e vigilantes eram feitos reféns durante horas em fazendas e empresas. O objetivo principal do grupo era o furto de defensivos agrícolas e fios de cobre. A polícia acredita que dezenas de crimes foram praticados pela organização criminosa, causando prejuízos milionários às vítimas.

A ação conta com o apoio do Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil, além de agentes da 16ª SDP de Campo Mourão, 9ª SDP de Maringá, 21ª SDP de Cianorte, Denarc, das demais unidades que compõem a 13ª SDP de Ponta Grossa.