Criança de 12 anos relata abuso sexual de cunhada em Araucária

Uma família denunciou, ao programa Tribuna da Massa, uma mulher, 27 anos, por abusar sexualmente de um menino, 14 anos. O crime aconteceu em 2020, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

Na época, a vítima tinha 12 anos e a mulher, 25 anos. A acusada era cunhada da criança, casada com o irmão mais velho do menino.

De acordo com a denúncia, quando ia trabalhar, o irmão mais velho deixava o menino em casa com a cunhada, pois ele ficava brincando com os filhos do casal.

Conforme o relato da criança, em meados de agosto de 2020, a mulher começou a procurar o menino para praticar os abusos. A vítima diz que a cunhada falava que era apaixonada por ele e que também o ameaçava, afirmando que se contasse algo para alguém, ele apanharia do irmão e da mãe.

A vítima conta que a mulher fazia ele pegar nas partes íntimas dela e o beijava. Em uma ocasião, o menino passou cerca de seis dias na casa do irmão. Ele fala que nesse período, a cunhada começou a mostrar para ele e para o sobrinho vídeos de sexo oral.

Quando a família soube o que estava acontecendo, eles procuraram a polícia. O irmão mais velho da vítima gravou uma conversa com a esposa, onde ela admitiu os abusos. Ele entregou o material para a polícia e terminou o relacionamento. A criança também fez exames que comprovam a denúncia.

Em depoimento para a polícia, a mulher disse que não lembrava do ocorrido e ficou em silêncio.

Além do relato da família, o caso também foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR). Entretanto, os familiares reclamam da demora do andamento da situação e pedem por justiça.

A mãe da vítima relata que ele tem dificuldades para dormir e para se relacionar com as outras pessoas. Segundo ela, o comportamento do menino mudou muito.