Garotas de programa denunciam proposta de sexo a três com criança

Uma garota de programa recebeu uma proposta de um cliente através de aplicativo de mensagens para fazer sexo com ele e com uma menina de 11 anos junto. O homem enviou fotos e vídeos da criança, e a mulher continuou a conversa para ter provas suficientes e poder denunciar o pedófilo.

Após encaminhar as fotos da menina, o cliente afirmou que faz relações sexuais com a menor por alguns meses e que ela é sua afilhada. A garota de programa perguntou ainda se a criança se sentiria bem com a presença dela e como ela confia nele, e o homem contou que já sabe induzir a menina por saber “lidar com crianças”. Veja a troca de mensagens entre os dois:

A mulher denunciou o caso de pornografia infantil e decidiu lutar por justiça porque já foi vítima de pedofilia também.

“Fiquei assustada e comentei com amigas minhas que trabalham na área, e elas contaram que aconteceu a mesma coisa. O homem tinha entrado em contato com elas também”, conta a garota.

Outra garota de programa também denunciou a proposta do homem. A mulher marcou o encontro com o cliente em um motel de Araucária e ligou para a Guarda Municipal ao mesmo tempo. Os guardas foram até o local e prenderam Eduardo Carvalho Guedes, de 25 anos, suspeito de pedofilia. No celular do homem, foi encontrado material de pornografia infantil.