Instituições de longa permanência de idosos são interditadas por falta de licença

Uma Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI) foi interditada cautelarmente pela Vigilância Sanitária na última semana em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Após inspeção realizada pelo Ministério Público do Paraná, por intermédio da 1ª Promotoria de Justiça da comarca, foi constatada a falta de licença sanitária do local.

De acordo com o MPPR, esta é a segunda casa da mesma proprietária a ser interditada na cidade – outra unidade já havia sido fechada no dia 27 de junho, também a partir de iniciativa do MPPR.

Os dois locais foram vistoriados pela Promotoria de Justiça e por equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Vigilância Sanitária para instrução de inquérito civil que já havia sido instaurado pelo Ministério Público para investigar notícias de irregularidades. Foi constatada em ambas as casas a ausência de licença sanitária válida, além da existência de alimentos vencidos.

Uma das casas abrigava seis idosos, e a outra, 11. Com a interdição, as famílias dos idosos foram contatadas para buscarem a reacomodação deles.