Audiência pública debate acidentes com produtos perigosos na BR-376

Os acidentes com cargas perigosas na rodovia BR-376 e os seus impactos ambientais e sociais, no trecho entre os quilômetros 664 e 682, na descida da Serra do Mar, no sentido do Paraná para Santa Catarina, são o tema da audiência pública que acontece, nesta quinta-feira (28), a partir das 9 horas, na Assembleia Legislativa do Paraná.

O evento será transmitido pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo e contará com a presença de órgãos do estado, prefeituras, concessionárias, moradores locais e ativistas.

“O objetivo desta audiência é debater a possibilidade de construção de políticas públicas que minimizem ou dirimam as consequências dos acidentes com cargas perigosas que acontecem com frequência na descida da BR-376”, informou o deputado estadual Goura (PDT), presidente da Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais e proponente da audiência pública.

Segundo o deputado, os acidentes com cargas perigosas naquele trecho da rodovia resultam, muitas vezes, em contaminação da bacia hidrográfica do Rio São João, na região dos municípios de Guaratuba (PR) e Garuva (SC), comprometendo o uso das águas para consumo e lazer.

“Muitas vezes os produtos perigosos e tóxicos atingem os rios e prejudicam diretamente agricultores e todo o ecossistema. Vamos discutir como minimizar e erradicar esses acidentes em audiência pública nesta quinta-feira”, disse Goura.

Participam da audiência representantes do IBAMA; DNIT; DER; Polícia Rodoviária Federal; ANTT (Agência Nacional De Transporte Terrestre); Secretaria de Infraestrutura e Logística (Seil), Defesa Civil do Paraná; Corpo De Bombeiros do Paraná; Prefeitura Municipal De Garuva; Defesa Civil De Garuva; Defesa Civil de Guaratuba.

Além de representante das Comunidades da Bacia Hidrográfica do Rio São João, do Instituto Água e Terra (IAT), Concessionária Arteris S/A, Frente Parlamentar dos Vereadores do Brasil e pesquisadores e empreendedores da região.