Briga durante culto por causa de R$ 10 termina com pastor morto e igreja queimada

A noite de sexta-feira (21) e madrugada deste sábado (22) foram marcadas por verdadeira tragédia no bairro São Francisco, em Palmas, região Sul do Estado. Dois homens morreram e quatro pessoas ficaram feridas, além de uma igreja e uma casa terem sido incendiadas.

Segundo a Polícia Militar, a esposa de um dos envolvidos disse que a confusão aconteceu em frente à igreja, sendo que o pastor mora numa casa anexa ao templo. A testemunha revelou que a igreja havia ficado sem energia elétrica, e que o pastor havia pedido para alguém da rua consertar.

Ainda segundo a polícia, o homem pediu R$ 10 reais para realizar o serviço, mas o pastor disse que não pagaria. Neste momento então começou uma briga e algumas pessoas interferiram.

O homem de 35 anos que se dispôs realizar o conserto foi até sua casa e voltou ao local pouco tempo depois com seus dois irmãos de 21 e 33 anos. Eles atiraram várias vezes contra as pessoas que estavam em frente à igreja. Quatro homens foram atingidos pelos tiros, sendo que um rapaz de 25 anos não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. O autor dos tiros, que também foi baleado durante a confusão, foi preso no hospital.

Conforme a PM, por volta das 5h da manhã de sábado (22), aproximadamente quatro pessoas encapuzadas foram na casa do pastor. Ao sair para verificar o que estava acontecendo, o pastor foi atingido por pelo menos 13 tiros no peito e também morreu no local. Logo em seguida, eles atearam fogo na igreja e na casa do religioso e fugiram.

A Polícia Civil assumiu a investigação do caso e apura as circunstâncias do crime, além de trabalhar para identificar quem seriam os comparsas do autor e quais outros motivos eles poderiam ter para cometer o crime.

Informações do PP News FB e Olho Vivo PR.