Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
20.6ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Polícia divulga imagens do suspeito de matar soldado da PM na saída de baile

Redação

Redação

A Polícia Civil já identificou o principal suspeito de ter assassinado o soldado Fernando Hortz, da Polícia Militar. Ele foi baleado na saída de um baile na zona rural de Cerro Azul, na região metropolitana de Curitiba, durante o último fim de semana. Para o delegado Mário Sérgio Bradock, responsável pela investigação do caso, não há dúvidas de que Joel Pereira Cunha, de 21 anos, foi o autor dos tiros que mataram o policial do Batalhão de Trânsito (BPTran).


Bradock explica que o suspeito teria se envolvido numa briga e o policial e mais um amigo teriam entrado na confusão para tentar separá-los. Durante o empurra-empurra, Cunha teria tomado a arma do soldado e atirado várias vezes contra ele. Hortz foi atingido no peito e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O colega dele também foi baleado, mas sobreviveu.

“O indivíduo já tem passagens pela polícia por assalto, tráfico e todo o Código Penal junto, indivíduo perigoso”, classifica o delegado. “É bom lembrar que esse cidadão também estava armado com uma pistola 9mm, é um cidadão perigoso que tirou a vida de uma pessoa boa, um indivíduo que estava trabalhando pela sociedade, um policial militar”, completa a autoridade policial.

O delegado também reforça que o suspeito será encontrado em breve e lamenta que o suspeito não tenha ficado preso das outras vezes em que cometeu crimes. “Eu acho que esse cidadão acabou de fazer um contrato pra comprar um apartamento no andar debaixo (…) As leis são muito fracas, a Justiça, Ministério Público e a polícia fazem de tudo pra deixar os caras fechados, mas a lei é fraca, temos que mudar essas leis”, pontua.

O suspeito era monitorado por tornozeleira eletrônica, mas rompeu o aparelho poucos minutos após a morte do policial. Além de Cunha, outros dois rapazes também teriam participado do crime, segundo o relato de testemunhas. Eles teriam envolvimento na briga com o soldado da PM e auxiliaram na fuga do suspeito de dar os tiros.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia