Cidades do Paraná desobrigam uso de máscara em ambientes abertos ou fechados

Nesta quinta-feira (10), o prefeito Sérgio Onofre assinou o decreto 143/22, que fala sobre a desobrigação do uso de máscaras em Arapongas, no Norte do Paraná. A medida foi adotada em razão da ampla cobertura vacinal e do arrefecimento dos impactos da covid-19. De acordo com o decreto, “fica dispensado o uso de máscara facial no Município de Arapongas, em ambientes abertos ou fechados, restando a critério exclusivo dos estabelecimentos privados a manutenção da obrigatoriedade em seus ambientes”.

O decreto foi assinado considerando que “a cobertura vacinal contra a Covid-19, com ao menos uma dose, chegou a 97% da população adulta no Município de Arapongas e considerando a queda na taxa de transmissão, bem como a absoluta diminuição da hospitalização decorrente”.

Com sua publicação no diário oficial, as pessoas poderão circular livremente sem máscaras em locais abertos ou fechados – exceto naqueles ambientes fechados onde os gestores optarem pelo uso obrigatório desse tipo de proteção.

A flexibilização do uso de máscara no município foi anunciada na quarta-feira (9) pelo prefeito Sérgio Onofre, frisando que na prática isso significa que não haverá, por parte do município, qualquer tipo de fiscalização ou medida coercitiva contra aquelas pessoas que deixarem de usar máscaras. “Quem se sentir mais protegido usando máscara, que use. Aqueles que não quiserem usar, vamos respeitar também”, assinalou o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Moacir Paludetto Júnior, ressaltou que Arapongas tem monitorado os casos e apresenta um perfil que permite a flexibilização do uso de máscaras nesse momento. “O foco agora é ampliar a cobertura vacinal, principalmente na segunda dose, e garantir a autonomia para que os estabelecimentos públicos e privados possam decidir pelo uso de máscara”, afirmou Paludetto, ressaltando que da semana passada para essa houve uma queda de 50% no número de casos.

Máscaras em Irati

Também nesta quinta, a Prefeitura de Irati publicou decreto desobrigando o uso de máscaras no município. Em reunião com o Executivo, em conjunto com o Centro de Operações Especiais e de Fiscalização (COEF), foi decidido como facultativo o uso de máscara de proteção individual, em ambientes públicos ou privados, exceto em estabelecimentos de saúde.

Mantém-se como obrigatória a disponibilidade de álcool gel 70% na entrada dos estabelecimentos, nos caixas e demais setores, inclusive nos banheiros dos estabelecimentos.

O decreto também revoga as disposições em contrário, em especial o decreto nº 56/2022 e o decreto nº 147/2020, que declarou estado de calamidade pública no município.

Informações da assessoria de imprensa.