Gruta do Bacaetava encanta turistas de todos os lugares

Foi no século XIX, em meio à vegetação de Colombo, que um imigrante italiano encontrou um tesouro: a Gruta do Bacaetava, um dos atrativos turísticos da região metropolitana de Curitiba que atrai turistas e aventureiros de todo o país.

“Foi Antônio Gasparin, que dá nome a uma rodovia, que era agricultor e foi desmatar o terreno para fazer a plantação dele, e acabou encontrado a Gruta e resolveu preservar”, destaca Guilherme, guia de turismo do Circuito Italiano de Colombo. Ele explica ainda que o nome Bacaeteva vem do tupi-guarani, que significa ‘casa da pedra furada’.

Antes de entrar na gruta, que tem pelo menos 600 milhões de anos, os visitantes ganham uma lanterna para conseguir se movimentar, porque lá dentro a escuridão é total, mas tem muita beleza pra ser vista.

São tantas formações geológicas que o tempo esculpiu, que é difícil escolher qual chama mais atenção. E a cada passo, uma curiosidade. Na época da Segunda Guerra Mundial, a gruta serviu de esconderijo. O passeio dura cerca de meia hora em um trajeto que encanta e desperta admiração.

Para conferir como é o passeio pela Gruta do Bacaetava, assista à matéria do SBT Notícias Paraná: