Com aumento de casos de Covid-19, Sesa recomenda a volta do uso de máscaras no Paraná

Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) publicou uma nova resolução nesta terça-feira (22) na qual recomenda a volta do uso de máscaras para evitar o contágio do coronavírus no Paraná.

O documento resolve “regulamentar o uso da máscara de proteção facial no enfrentamento da emergência de saúde pública relacionada à pandemia da Covid-19 no Estado do Paraná”.

A volta do uso de máscaras de forma obrigatória deve ser adquirida por pessoas com suspeita ou com diagnóstico confirmado de Covid-19, com ou sem sintomas.

Os trabalhadores de Estabelecimentos de Assistência à Saúde também devem usar a máscara quando tiverem que entrar em ambientes destinados ao tratamento de pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19.

Segundo a Sesa, fica recomendado o uso de máscaras nos seguintes locais e situações:

  • Estabelecimentos de Assistência à Saúde;
  • Pessoas com sintomas respiratórios gripais;
  • Pessoas imunocomprometidas;
  • Pessoas não vacinadas contra COVID-19 ou com esquema vacinal incompleto;
  • Idosos, gestantes e puérperas, com ou sem comorbidades;
  • Funcionários e visitantes, no acesso à Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI);
  • Espaços (ou ambientes) fechados, de acesso coletivo, onde o distanciamento físico entre pessoas não possa ser assegurado.

Casos de Covid-19 no Paraná

Nesta terça-feira (22), foram registrados 1.870 casos de Covid-19 no Paraná. Os diagnósticos confirmados são de:

  • Novembro (1804);
  • Outubro (26);
  • Setembro (1);
  • Agosto (7);
  • Julho (3);
  • Maio (3);
  • Abril (1);
  • Março (1);
  • Fevereiro (4);
  • Janeiro (12) de 2022;
  • Setembro (1);
  • Julho (1);
  • Junho (1);
  • Abril (3) de 2021;
  • Dezembro (2) de 2020.

O estado confirmou, ainda seis mortes pela doença. Os pacientes que foram a óbito residiam em São José dos Pinhais (4).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: São Mateus do Sul e Foz do Iguaçu.

Os óbitos divulgados nesta data são de: novembro (2), julho (1), abril (1) e fevereiro (2) de 2022.