Casa de mulher é incendiada; vítima suspeita de ex-marido

Um terreno com cinco casas foi queimado na última sexta-feira (1º), no município de Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba.

Imagens de câmera de segurança mostram que por volta das 23 horas dois homens passam pelo local e jogam um galão de gasolina em um lixo próximo.

A principal suspeita é a de que a motivação do incêndio seja o fim de um relacionamento de três anos, já que uma das moradoras do terreno sofre ameaças do ex-marido.

Letícia Padilha, de 33 anos, possui cinco filhos. A última filha, com pouco mais de ano, é do último relacionamento da mulher, com um homem, de 40 anos.

Letícia conta que começou o relacionamento em 2019. Ela relata que sofria agressões do marido. De acordo com a mulher, ela fugiu várias vezes, mas voltava para casa porque tinha medo que ele cumprisse as ameaças.

Após mais episódios de violência, Letícia saiu de casa e foi morar com a irmã. Ela conta que o ex-marido ia até a casa, todos os dias, para ver a filha, mas ela não deixava pois tinha medo.

No dia do incêndio, Letícia diz que ele havia mandado uma mensagem para ela. A mulher também afirma que pouco antes de ver o fogo, ela escutou uma batida na porta e alguém tentando entrar. Com medo, ela pegou as crianças e se escondeu no banheiro. Foi quando percebeu o fogo e saiu correndo da casa.

Testemunhas dizem que era comum ver o ex-marido de Letícia rondando a região.

Procurada pela reportagem do Tribuna da Massa, a mãe do ex-marido de Letícia nega as acusações. Segundo ela, a mulher que batia no filho e também nela.

As denúncias de agressões e do incêndio estão sendo investigadas.