Motorista que estava com jovens mortas em acidente em Contenda diz que ingeriu bebida alcoólica

Em novo depoimento, Murilo Muller Ferreira, 26 anos, confessou ingeriu bebidas alcoólicas antes de dirigir o veículo que capotou e matou Gabrielly Sobota, 22 anos, e Pamela Sitnek, 19 anos, na noite de sexta-feira (19), em Contenda.

O rapaz afirma ter consumido dois copos de vodka com energético antes de dirigir. Ele também disse que no momento do acidente, quando perdeu o controle do carro, estava a uma velocidade entre 90 e 100 km/h.

Em um primeiro depoimento, prestado na Delegacia da Lapa na segunda-feira (22), Murilo afirmou que quem dirigia o carro era uma das vítimas. Porém, imagens de câmera de segurança desmentiram essa versão.

Após dar a sua versão sobre o acidente, o jovem foi liberado.

No dia da fatalidade, a família de Murilo fez um boletim de ocorrência, pois eles alegam que os parentes das duas vítimas agrediram o jovem no hospital.

O acidente

Por volta das 22h30 do dia 19 de agosto, o carro em que estavam Murilo, Gabrielly e Pamela saiu da pista, capotou e bateu em algumas árvores.

As duas meninas morreram no local. Já o motorista foi encaminhado ao hospital com ferimentos leves.

No dia, Pamela estava celebrando o aniversário de 19 anos.

Leia mais sobre o caso