Celular de mulher desaparecida é rastreado no Paraguai

O delegado titular de Faxinal Ricardo Mendes, confirmou nesta segunda (23) que o celular de Leide Daiane, moradora de Cruzmaltina, desaparecida desde a última quinta-feira, foi rastreado no Paraguai e que as investigações a respeito do sumiço estão sendo realizadas.

Em entrevista a Rádio Nova Era e Blog do Berimbau, o delegado disse que o celular da mulher foi rastreado, mas que as informações ainda são prematuras e precisam de uma melhor investigação. Outra informação relevante, é que a última compra realizada por ela com o cartão foi um abastecimento.

O delegado confirmou ainda a existência de cartas com mensagens de despedida, as quais foram encontradas entre os seus pertences, na residência onde morava. Leide, que morava com os avós, é solteira e mãe de dois filhos. Ela saiu sem dar notícias.

Desaparecimento

Leide Daiane, moradora de Cruzmaltina está desaparecida desde quinta-feira (19). Ela mora com os avós, é solteira e mãe de dois filhos. No dia do sumiço ela estava usando um Fox prata.

Segundo informações da família e dos proprietários da Lotérica onde ela trabalha, existe o temor que algo mais grave possa ter ocorrido, pelo fato de antes do desaparecimento, ela ter deixado algumas mensagens estranhas direcionadas para os familiares.  

Conforme boletim de ocorrência divulgado na manhã deste sábado (21), uma das amigas da desaparecida informou que conversou com ela através de mensagens de WhatsApp até às 23  horas do dia do desaparecimento. Na conversa a moça informou que estava na cidade de Faxinal, porém não informou o local exato.

Os familiares também informaram à PM que ela deletou todas as redes sociais. A Polícia Civil também foi informada dos fatos.

Familiares pedem ajuda para tentar localizar Leide. Quem tiver pistas, ligue 190 ou pode fazer contato com o 43 99962-0345.

Com informações do portal TNOnline.