Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
23ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Temporada exige cuidado redobrado nas estradas e respeito às leis de trânsito

Redação

Redação

As estradas cheias e o trânsito complicado, comuns na alta temporada de verão, exigem do motorista atenção redobrada. Para evitar problemas, o delegado da Polícia Civil do Paraná (PCPR), Edgar Dias Santana, orienta os motoristas para os cuidados a serem tomados.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

E eles começam antes mesmo de pegar a estrada. “Os preparativos que antecedem a viagem devem ser iniciados com a revisão preventiva do veículo. Os motoristas devem verificar freios, faróis, motor e pneus para prevenir acidentes, falhas mecânicas ou elétricas”, afirma.  

Os policiais civis atuam em investigações de alta complexidade com o foco na elucidação e inibição de delitos de trânsito. Além disso, realizam ações com outras forças de segurança a fim de reforçar a segurança no trânsito. O trabalho inclui vistoria na documentação e inspeção nas condições mecânicas dos veículos – com foco na prevenção de acidentes e crimes.

Além dos riscos fatais, o Código de Trânsito Brasileiro define que dirigir embriagado é crime. O delito é tratado como perigo real, já que o fato do indivíduo dirigir após ingerir bebida alcoólica expõe o condutor e demais pessoas que estão ao seu redor a perigo iminente.

Santana ressalta que o dever do condutor é respeitar as leis de trânsito. “O motorista deve lembrar que a segurança no trânsito é responsabilidade de todos. É imprescindível respeitar as leis de trânsito, já que algumas ações podem causar consequências irreversíveis”, afirma.

O cidadão flagrado conduzindo veículo automotor sob efeito de álcool terá a Carteira de Habilitação Nacional suspensa por 1 ano e receberá multa de R$ 2.934,70. Outro crime de trânsito, previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é fugir do local do acidente, mesmo quando não há vítimas. O crime ocorre quando o condutor se afasta do local do acidente para fugir da responsabilidade penal ou civil.

O condutor poderá, ainda, responder pelas ações que o acidente possa gerar como, por exemplo, homicídio culposo no caso de óbito da vítima.

É importante reforçar que o motorista só poderá conduzir o veículo se tiver a permissão para dirigir ou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O documento deve estar em dia, assim como as condições do carro. Os motoristas devem ficar atentos aos limites de velocidade da via, às placas de sinalização e manter distância segura do veículo da frente para evitar colisões.

O excesso de velocidade é uma das principais causas de acidentes de trânsito nas rodovias do Brasil. A PCPR também reforça os riscos de dirigir falando ou digitando no celular ou em qualquer outro dispositivo móvel. Esses equipamentos só podem ser utilizados quando o veículo estiver parado.

Informações da AEN

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia