Ação de cidadania oferta orientações jurídicas e serviços sociais nesta sexta-feira

A Fundação de Ação Social (FAS), o Ministério Público e a Cáritas Brasileira voltam a promover uma ação de cidadania para oferta de serviços aos moradores da Regional Tatuquara, em Curitiba. O trabalho será realizado nesta sexta-feira (12), no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Caximba.

A partir das 13h30, equipes das três instituições farão encaminhamentos e darão orientações para as pessoas que precisam de serviços nas áreas da assistência social, da Justiça e de migração – neste caso para estrangeiros que moram em Curitiba e precisam, principalmente, regularizar a documentação. Para ser atendido é só chegar ao local.

Esta será a segunda ação conjunta da FAS, MP e Cáritas, instituição ligada à igreja católica que busca a promoção e a garantia de direitos das populações mais vulneráveis. A primeira foi em junho, também na Regional Tatuquara. Mais três ações já estão programadas, nos dias 16 de setembro, 14 de outubro e 11 de novembro.

“É um trabalho importante porque permite que as pessoas acessem vários serviços no território onde moram, o que as deixa mais confiantes e fortes”, explica a supervisora do Núcleo Regional da FAS na Regional Tatuquara, Cintia Aumann.

Serviços

Quem procurar o Cras poderá ser atendido pela equipe da FAS para serviços de defesa e garantia de direitos, como inscrição no Cadastro Único e solicitação de benefícios sociais (Auxílio Brasil e de Prestação Continuada).

Na área jurídica, a população receberá informações sobre direito de família, como divórcio, pensão alimentícia, visita de filhos, reconhecimento de paternidade, com registro do nome do pai na certidão de nascimento do filho e paternidade socioafetiva.

Os migrantes terão atendimento para a regularização migratória e encaminhamentos para a Polícia Federal, além de encaminhamentos para a integração no trabalho.

Informações da Prefeitura de Curitiba